(16) 3101-3031 | (16) 99285-4480 vendas@metodosmart.com.br

9 Dicas essenciais para novos empreendedores

Elaborar uma lista com dicas para novos empreendedores é como priorizar conselhos para quem se tornará pai ou mãe pela primeira vez. Como quase tudo pode, e vai, acontecer durante a sua jornada nos negócios, essas dicas servem como uma boa base para construir uma companhia.
É importante que empresários estejam preparados para os diversos obstáculos que vão surgir, desde o relacionamento com parceiros e funcionários a problemas financeiros. As lições incluem trabalho em equipe, networking, atitudes de liderança e como lidar melhor com dinheiro.
1) Tenha parceiros diversos e confiáveis
Uma das lições mais importantes que um empreendedor deve aprender é que não há problema em ser exigente na escolha de colegas de trabalho e funcionários. Sempre que possível, busque diversidade nos seus parceiros, em diversos níveis, não só de descendência e de gênero, mas com experiências, origens e educações diferentes. Insista em trabalhar com pessoas confiáveis, até mesmo quando se tratar de coisas menores.
2) Construa e participe de uma cultura de aprendizagem
Empreendedores bem-sucedidos entendem que sempre haverá falhas no conhecimento e na experiência. Embora elas não possam ser completamente solucionadas, podem ser combatidas por meio do comprometimento com uma aprendizagem contínua. Invista em treinamentos de desenvolvimento profissional para você e sua equipe, além de tirar vantagem dos recursos à sua volta, como publicações da indústria e network profissional.
3) Respeite a importância do network profissional
Muitos novos empreendedores subestimam a importância de networks profissionais e os negligenciam ao longo do tempo. A tendência natural é dedicar toda a atenção para a companhia em si, mas construir uma comunidade profissional robusta é uma das melhores formas de ajudar um negócio recém-inaugurado. Você irá ganhar novos insights sobre a indústria e seus competidores. Faça um marketing eficiente da sua marca e crie relações que podem se transformar em parcerias, colaborações ou, até mesmo, oportunidades de emprego.
4) Lembre-se de que cada interação é uma representação da sua marca
Como dono do negócio, você é responsável pela imagem da marca ao realizar cada interação. Isso inclui conversas com clientes no escritório, em entrevistas de emprego e no happy hour depois de uma longa semana de trabalho. Suas palavras e ações podem ter um impacto significativo nos funcionários, na empresa e nos seus parceiros.
5) Dissemine seus valores
Empreendedores têm uma oportunidade única de compartilhar o valor de suas experiências com os outros. Contate veículos e se ofereça para escrever artigos baseados na sua especialidade e conhecimento. Muitos deles precisam de conteúdo e, como bônus, você enriquecerá a marca da sua organização enquanto divulga informações valiosas.
6) Aceite o fracasso
Ninguém entra no mundo dos negócios com o pensamento em falhar, mas contratempos fazem parte das nossas vidas. Como podemos combater essa realidade? Faça o mesmo que os empresários mais admirados e use cada fracasso como uma oportunidade de aprendizado. Reconheça que essas situações, na verdade, oferecem chances que não seriam apresentadas caso tudo ocorresse como o planejado. Tire o melhor delas.
7) Pratique e exija honestidade
Um erro que muitos líderes inexperientes cometem é omitir dificuldades de desenvolvimento do seu time, pois não querem dar más notícias ou por pensar que, ao mentir, conseguem protegê-lo. Não caia nessa armadilha. A melhor forma de liderar é com honestidade e transparência em todos os momentos, e é necessário exigir o mesmo dos funcionários.
8) Examine as suas finanças, especialmente o fluxo de caixa
Talvez seja tarde demais se o seu negócio estiver em uma má situação financeira. Não espere a compreensão dos funcionários quando não conseguir pagar salários ou de investidores depois de demonstrar que a empresa não consegue gerenciar suas contas. A única forma de evitar ser mais uma das startups que encerraram as operações por falta de dinheiro é ser proativo em relação à monitoração do fluxo de caixa, frequentemente, desde o início.
9) Aprenda a valorizar o seu tempo pessoal
Os negócios são importantes, mas não são a sua vida inteira. Você ainda tem amigos, familiares e hobbies que merecem atenção. Não deixe que o desejo de dar o seu melhor à companhia seja a causa de um fracasso prejudicial ao futuro do negócio. Comprometa-se a usar o seu tempo livre sempre que possível para que, quando retornar ao escritório, esteja pronto para alcançar mais objetivos do que nunca.

Fonte: http://forbes.uol.com.br